Existem diversas maneiras de ajudar, e uma delas é ajudando a divulgar este Blog.

terça-feira, 4 de agosto de 2009

Agosto-Mês vocacional O SACERDÓCIO

Durante o mês de agosto, a Igreja nos convoca a rezar e refletir, com maior afinco, sobre as vocações. A palavra ‘vocação’ diz respeito a um chamamento, a uma convocação para algo. Cristo, então, chama a cada cristão para o seguimento do mandamento do Amor. “Amai-vos uns aos outros como eu vos amei”.

Neste primeiro domingo de agosto somos convidados a refletir sobre a vocação do Padre, um serviço ao Povo de Deus. Anselm Grün relata, em seu livro Ordem, vida sacerdotal, o que é em sua vida este sacramento de serviço.

Primeiro quero dizer que gosto do que faço. Sinto como são maravilhosas as tarefas do sacerdote: celebrar a eucaristia, celebrar a festa da vida no batismo, consolar os que estão de luto, perdoar e reerguer os culpados, acompanhar as pessoas no caminho espiritual, anunciar a palavra de Deus e inseri-la na vida concreta. Mas, para mim, ser sacerdote significa muito mais que realizar estas tarefas. Para uns eu sou, como homem, sacerdote. Fui tocado, moldado, abordado por Deus e enviado às pessoas. Tenho uma vocação para isso, uma missão que Deus me delegou para o bem-estar das pessoas. Para outros, eu fui ordenado para sacerdote. Fui abençoado por Deus, tirado por Ele deste mundo e colocado em Seu espaço sagrado, para que dentro desse espaço eu mesmo me curasse e com isso deixasse as pessoas participarem do sagrado que cura almas. [...] Para mim, ser sacerdote quer dizer crescer cada vez mais na figura de Jesus Cristo, que se doou a nós, que curou, reergueu, consolou as pessoas e tornou-as desafiadoras e videntes. Jesus Cristo é o sacerdote que nos guia a Deus. Participar desta missão, abrir os olhos das pessoas, deixar seus corações serem tocados por Deus e deixar Sua proximidade salutar e amorosa tornar-se palpável – é nisso que consiste para mim a fascinante e totalmente recompensadora missão do sacerdote. (GRÜN, 2006: 66-67).

Assim, a vocação sacerdotal torna possível a continuação do projeto evangélico de Cristo, que nos anuncia no Evangelho deste domingo: “Eu sou o pão da vida. Quem vem a mim não terá mais fome e quem crê em mim nunca terá sede” (Jo. 6,35).

E você, jovem, gostaria de abraçar a vocação sacerdotal?

Rezemos ao Senhor que envia mais operários para sua messe:Dai-nos, Senhor, bons e santos ministros do vosso altar que sejam atentos e fervorosos guardiões da eucaristia. Chamai ministros da vossa misericórdia que, por meio do sacramento da reconciliação, difundam a alegria do vosso perdão. Ajudai os sacerdotes, para que cumpram fielmente a missão no serviço do evangelho. Abençoai os padres, para que sintam alegria pela vocação assumida e a acolhida amiga e fraterna da comunidade. Amém.

Fonte: Frei Osvaldo Maffei, OFM

Nenhum comentário:

Postar um comentário